Viagens

Escrevo agora em meio a viagens!

Já se finda meu último mês no Porto. Foi uma brisa rápida, brisa mágica, que irá mudar os rumos de meu destino… certamente. Volto outro para o Brasil!

Por hora, depois de sucesso na universidade (obtive média em todas as cadeiras! uhuuuuull, trabalho concluído!) estou a planejar uma semaninha de folga para Barcelona e Roma. Ainda não conheci Lisboa, o que me aflige de todo! Não vou me perdoar se não conhecer a Lisboa de Pessoa antes de regressar. Fiz também uma viagem literalmente das Arábias… conheci a cidade de Marrakesh e o deserto no Marrocos, Madrid e Guernica de Picasso, enfim, tenho material para centenas de posts!

É mesmo como dizia Fernando Pessoa. A escrita deve surgir quando da recordação. No ápice do momento me é impossível escrever, prefiro a recolha das sensações primeiro, ou seja, o que minha emoção registrará, para depois, numa frieza morna, poder escrever.

julho 12, 2010 at 12:25 am 1 comentário

Enfim, um post!

Este espaço ficou mudo por muito tempo. O mês inteiro de junho me foi sofrível e me roubou a centelha de que dispunha para alimentar este blog! Era teste que não acabava mais, peguei até trauma desta palavra: teste, teeeeste! – palavra feia, até parece corte seco de faca! E como subsiste em mim o aluno caxias, daqueles da primeira fila, dos óculos de armação grossa (que estão na moda agora), do clube de xadrez, da maçã polida e do “bom dia querido professor“, estudei e abandonei este querido espaço, mas estudei daquele jeito né, levantando da cadeira depois do primeiro parágrafo ou depois de descer abaixo no papel aquela equação estúpida que só a cola segura… A verdade é que esqueci o que é ser aluno. Isto é uma questão complexa e que exige outro post a respeito, em específico.

Mas enfim, Voltei!

julho 12, 2010 at 12:14 am Deixe um comentário

Super Bock versus Sagres

Eu voltando da aula de inglês… apressando os passos pois ainda voltaria à FEP para mais uma aulinha… e uma simpática senhora se interveio no meio da rua buscando palestra com minha pessoa. Sabe, aqui no Porto não raro você se esbarra com gifts promocionais de tudo que é coisa: de escovas de dentes a redbull e água Serra da Estrela SPA, cuja densidade e sabor estou a desfrutar exatamente agora ao escrever este humilde post – e os vendedores são dos mais inusitados… rsrs isso renderia outro post! A senhora tinha até um jeito de brasileira, mas seu accent denunciava ser da terrinha:

Eschtámosch a fazere um teste com as marcas de cerveja Sagres e Super Bock! Desejas participar? – de fato que esta última pergunta veio-lhe automática na guela pois ela já me carregava para o hall do hotel logo mesmo ali à frente, onde realizava-se a pesquisa, e eu nem recusaria… estava um dia quente – à máxima potência do sol setentrional – , e até o sol pedia uma cervejinha.

Pois que entrei numa sala reservada onde havia gajos e senhores, mesas e gajas atrás das mesas, bolachas e copos de cerveja. Êta trem baum! Era o meu oásis naquela tarde seca e quente… um lugar para descançar e desfrutar das duas melhores cervejas portuguesas! Primeiro entornava-se um copo de Super Bock e seguia-se o interrogatório: “O que achas do sabor?”, “O que achas da acidez e densidade?” “E quanto à cor?, é muita espuma, pouco espuma, ou indiferente?”. Depois de uma bolachinha, serviram-me o copo de Sagres e mandaram a ver no mesmo questionário. 

– Olha minha senhora, eu aqui no Porto só conheço a Super Bock! – disse querendo fazer uma média com ela, afinal a Super Bock é a original da cidade invicta, enquanto que Sagres é a rival lisboeta.

– Vocês brasiléiroshh falam de um jeito tão ingraçadiinho!

Mas eis que terminado o inquérito, confrontadas as cervejas assim diretamente, terrível conclusão: a mim pareceu-me mais saborosa a Sagres opá! O mais engraçado de tudo era ver alguns senhores – de uma vida inteira embebida em Super Bock – traídos pelo próprio paladar ao indicar a Sagres como a melhor! Triste desilusão – devia ser a salinidade do palato ou a ordem das cervejas opá rsrsr!  

Fato mesmo é que aqui a ordem das cervejas altera o resultado, como me assegurou a simpática senhora, e que há mesmo diferenças sensíveis entre a Super Bock e a Sagres!   

maio 7, 2010 at 4:53 pm Deixe um comentário

O Gajo tá até ficando famoso opá!

(Prefácio para a autopromoção… rssrsr)

Segue a matéria do Jornal Comunicação On-line de minha universidade, a UFPR (http://www.ufpr.br), para a qual concedi uma pequena entrevista à Jornalista Patrícia Herman! 

http://www.jornalcomunicacao.ufpr.br/node/8076

Um ano atrás e a vontade de poder viver no exterior era algo distante – mais um ruído persistente e semelhante ao que ecoa na consciência de muitos jovens que aspiram a uma vida melhor. E não é só isso, já que me era mesmo um devaneio que me ocorria às noites de moleque, sonhando com o vagar sem destino como o de Corto Maltese dos quadrinhos – cada edição uma história num canto do mundo . Então que surge esta oportunidade de mobilidade internacional de minha universidade que agarro com as duas mãos, como o macaco que se lança ao galho!  Será uma simples entrevista o corolário para tudo isso? Eu acho que não…

(Informações relevantes sobre o processo de mobilidade acadêmica internacional da UFPR no corpo da matéria!!)

maio 1, 2010 at 12:51 am 1 comentário

25 de Abril, aos Cravos!

É fato que a Revolução dos Cravos tem um quê de romântico que nem a pena do maior dramaturgo romântico ousaria escrever! Quando da primeira vez que ouvi falar da revolução, minha mente a situou na década de 60, pois ela me pareceu um corolário perfeito para aquela época de contracultura e contestação. Me enganei… mas aqui os anos não importam – fosse na década de 60 e o povo português teria sofrido uma década a menos. 

Eis minha breve manifestação ao povo que tem em seu hino “Às armas, às armas!”, mas que aos cravos devotou a semiótica da liberdade! Parabéns povo português!

abril 25, 2010 at 4:26 pm Deixe um comentário

Meus dias de cozinheiro no Porto

Há vezes em que uma imagem conta mais do que 1000 palavras! Mas aí um escritor como eu pode atacar com 1001 palavras! Há vezes que faltam palavras ao léxico e vontade ao cérebro para escrever tudo… então, graças a deus que existem as películas e essa aí que vos chega abaixo expressa muito bem como tem sido meus dias na cozinha aqui de casa, quer pela inexperiência do cozinheiro, quer pela excelente condição da cozinha…! Sem mais ; )

Need Something new?

– Uma ooooooooooooutra cozinha!!!!!!!!  ; ) 

abril 21, 2010 at 11:45 pm Deixe um comentário

Em terras galegas…

Pertinho aqui do Porto, fui a convite da minha colega portuguesa da FEP Eugénia atravessar a fronteira e conhecer a maior cidade da Galícia, a cidade de Vigo! De carro é bem mais cômodo e rápido. Uma cidade bacana, mas de matizes semelhantes àquelas que meus olhos encontram no Porto! As construções lembram muito as da cidade invicta. No entanto, a região portuária é linda – e o dia estava perfeito para um passeio de jet-sky (burguês também tem em todo lugar gente!) e pareceu-me ser Vigo uma cidade um pouco mais organizada e moderna.

Chegamos em meio à grande Festa da Reconquista de Vigo – e havia bandeiras alvas gritando o ano de 1809!, pessoas em trajes típicos a cantar e a dançar, barraquinhas espalhadas pela cidade vendendo de tudo que a imaginação galega pode conceber. A julgar pela data, 1809, acredito que deve ser memória da retomada da cidade pelos galegos em posse de mãos francesas – quando das andanças imperialistas de Napoleão por essas terras – pois confesso, até procurei me informar a respeito na internet, mas nada achei de informativo a respeito.

E Vigo também tem suas excentricidades, como os incontáveis semáfaros que existem em algumas ruas – alguns já me afirmaram ser esta uma excentricidade espanhola – e o rapaz aí abaixo:

Seguem minhas fotos:

My Vigo Picasa Photo Album: http://picasaweb.google.com/108624550332829974293/Vigo?feat=directlink

abril 8, 2010 at 3:09 pm Deixe um comentário

Posts antigos


Porto, Portugal

Click for Porto, Portugal Forecast

Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 4 outros seguidores